IREN – INTERNACIONALIZAÇÃO DA REDE DE ESTAÇÕES NÁUTICAS DE PORTUGAL

Projeto nº 046014
Designação do Projeto: IREN – Internacionalização da Rede de Estações Náuticas de Portugal
Apoio no âmbito do Sistema de Incentivos: Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Internacionalização
Programa Operacional: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo Principal: Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Prioridade de Investimento: PI 3.2 – O desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais para as PME, especialmente no que respeita à internacionalização
Tipologia de Intervenção: TI 52 – Internacionalização das PME
Âmbito Territorial (NUTS II): ​Multi-regiões – Norte, Centro e Alentejo

Entidade Beneficiária: Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar

Data de Aprovação: 2020-07-01
Data de Início: 2020-07-01
Data de Conclusão: 2022-06-30

Investimento elegível: 444.326,10€
Incentivo: 377.677,19€

ResumoO Projeto IREN – Internacionalização da Rede de Estações Náuticas de Portugal tem como objetivo a promoção da internacionalização das Estações Náuticas de Portugal (ENP), através da valorização e promoção internacional, estimulando o aumento das exportações das empresas nelas integradas, reforçando a visibilidade de Portugal como um destino de Náutica de Recreio. Neste sentido a presente candidatura vem reforçar a missão da associação, no que se refere à dinamização e competitividade da economia do Mar.

As atividades previstas no âmbito deste projeto integram as seguintes ações:

1. Dinamização da Rede de Estações Náuticas de Portugal para a Internacionalização;
2. Plataforma Digital para a promoção internacional da oferta de produtos e serviços da Rede de Estações Náuticas
de Portugal;
3. Operação exploratória internacional para a prospeção, conhecimento e acesso a novos mercados para as Estações
Náuticas de Portugal;
4. Campanha coletiva de promoção internacional das Estações Náuticas de Portugal;
5. Divulgação das atividades e resultados do projeto;
6. Gestão do Projeto.

MATES – MARITIME ALLIANCE FOR FOSTERING THE EUROPEAN BLUE ECONOMY THROUGH A MARINE TECHNOLOGY SKILLING STRATEGY

O projeto MATES – MaritimeAlliance for Fostering the European Blue Economy through a Marine Technology Skilling Strategy tem como objetivo desenvolver uma estratégia sobre competências ligadas à atividade marítima, que tenha em conta os principais fatores de mudança do setor Mar, em particular no âmbito da construção naval e das energias renováveis offshore, que estão ligadas e exigem o desenvolvimento de novas capacidades, num contexto cada vez mais digital, verde e orientado para uma economia baseada no conhecimento.

O projeto, que envolve 17 parceiros de 8 países, é cofinanciado pelo programa Erasmus+ e tem um período de execução de 48 meses.

ProgramaErasmus+
InstrumentoSector Skills Alliances (SSA)
Orçamento total4.9 milhões €
EU Grant3.999.471 €
DuraçãoJaneiro de 2018 – Dezembro de 2021 (48 meses)

– Consórcio:

Centro Tecnológico do Mar, CETMAR (ES)
University of Strathclyde (UK)
Universiteit van Amsterdam (NL)
Universiteit Gent (BE)
Ethniko Kentro Erevnas Kai Technologikis Anaptyxis (EL)
Conselleria de Cultura, Educacion e Ordenacion Universitaria (ES)
Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar (PT)
Asociacion de Industriales Metalurgicos de Galicia (ES)
Aquatera Limited (UK)
Indigo Med smpc (EL)
Aqualex Multimedia Consortium Company Limited by Guarantee (IE)
Aquatt uetp ltd (IE)
Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (PT)
Cosnav Engineering srl (IT)
CT ingenieros aeronauticos de automocion e industriales sl (ES)
Foundation wegemt – A European Association of Universities in Marine Technology and Related Sciences (NL)
Universidade da Coruna (ES)

– Consulte o Website: www.projectmates.eu

– Siga o projeto
  Twitter: @ErasmusMATES

– Consulte a Brochura Informativa

– Notícias sobre o projeto

A Fórum Oceano participa no Kick off Meeting do Projeto MATES – Maritime Alliance for Fostering the European Blue Economy through a Marine Technology Skilling Strategy, que decorre em Bruxelas, nos dias 7 e 8 de fevereiro.

      

– Notas de imprensa:

VALORMAR – VALORIZAÇÃO INTEGRAL DOS RECURSOS MARINHOS: POTENCIAL, INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E NOVAS APLICAÇÕES

O projeto ValorMar – Valorização integral dos recursos marinhos: potencial, inovação tecnológica e novas aplicações visa desenvolver soluções tecnológicas inovadoras que potenciem a valorização e o uso eficiente dos recursos marinhos através da integração das cadeias de valor, numa lógica de economia circular, articulando: aquacultura, indústria alimentar, biomédica, farmacêutica e cosmética.

O ValorMar tem como objetivo geral a valorização de recursos marinhos, através da investigação, desenvolvimento e demonstração de novos produtos e da melhoria de processos produtivos, propondo soluções inovadoras para a criação de novos produtos alimentares saudáveis, com recurso a tecnologias inovadoras, sustentáveis e eficientes.

O projeto, financiado no âmbito dos Programas Mobilizadores do Portugal 2020 (SI&IDT), teve início em outubro de 2017 e deverá estar concluído em setembro de 2020, contando com a participação de 18 empresas e 13 entidades do sistema de I&D.

Programa de financiamento: Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI I&DT) | Programas Mobilizadores (Aviso 10/SI/2016)Código do projeto: POCI-01-0247-FEDER-024517

Data de decisão final: 27/06/2018

Duração: 01-10-2017 – 30-09-2020

Investimento total elegível: 8.043.392,62 €
Investimento elegível Fórum Oceano: 82.969,17 €

Apoio financeiro FEDER TOTAL: 5.475.707,39 €
Apoio financeiro FEDER Fórum Oceano: 62.226,88 €
Consórcio: SONAE, Fórum Oceano, CIIMAR, AlgaPlus, A Poveira, Bivalvia, CCMAR, CPC, CVR, CMP, Docapesca, Foodintech, Fourmag, Hidromod, Instituto Politécnico de Leiria, INEGI, iBET, IPMA, IPVC, Navia, Necton, Piscicultura do Vale da Lama, Riasearch, Sorgal, Sparos, SPI, Escola Superior de Biotecnologia da U. Católica, Universidade de Aveiro, Universidade do Minho e Universidade do Porto.