Background Banner Image
Banner Image
Baseado em:
Blue Invest LogoDisclaimer:Toda a informação que se segue baseia-se no BlueInvest Investor Report, que conjuga dados de mercado com resultados de um inquérito aos investidores realizado pela BlueInvest. A BlueInvest é uma iniciativa da Comissão Europeia lançada em 2019 com o objetivo de acelerar novas tecnologias e soluções baseadas nos oceanos para desbloquear a inovação e as oportunidades de investimento na Economia Azul sustentável. É financiada pelo Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA).

TRANSPORTES MARÍTIMOS E PORTUÁRIOS

Definição da fileira

O sector dos transportes marítimos e portuários abrange o transporte de mercadorias e passageiros por água, bem como todas as atividades e infraestruturas que o permitem. O transporte marítimo é indissociável dos portos e vice-versa, uma vez que o transporte marítimo tem de começar e terminar num porto e os portos são concebidos para receber navios mercantes e tratar a sua carga e/ou passageiros.

O 'transporte marítimo/shipping' engloba os seguintes subsetores: transporte de passageiros (serviços de turismo ou de deslocação), transporte de mercadorias (transporte de qualquer tipo de mercadoria) e outros serviços relacionados com o transporte (por exemplo, gestão de navios). Tanto o transporte de passageiros como mercadorias podem ser segmentados de acordo com o tipo de ambiente (marítimo, costeiro e interior).

Os 'portos' são infraestruturas cruciais de importância estratégica que suportam fluxos significativos de bens e pessoas. Os portos variam em dimensão e âmbito, desde portos muito grandes (hubs) até portos pequenos ou portos regionais. Os 'portos' englobam os seguintes subsetores: desenvolvimento & construção portuária (construção de novos portos e/ou expansão dos existentes), carga e armazenagem/operações de terminal (manutenção e armazenamento de carga) e outros serviços portuários (prestação de serviços portuários, como amarração, reboque e fornecimento de energia elétrica em terra aos navios).

Estratégia DDC - Digitalizar, Descarbonizar, Circularizar

A noção de transporte marítimo e portos sustentáveis baseia-se em dois conceitos-chave: 'transporte marítimo verde' e 'portos verdes'. O 'transporte marítimo verde' procura implementar estratégias mais sustentáveis por exemplo, utilizando combustíveis mais limpos e otimização das rotas). O segundo procura transformar os processos, estruturas e políticas portuárias para reduzir o seu impacto negativo no ambiente e no clima (por exemplo, adaptando as infraestruturas à subida do nível das águas, digitalização das operações, etc.), promover uma maior transparência nos relatórios de sustentabilidade, alimentando a indústria com fontes de energia renováveis e eletrificação das infraestruturas portuárias).

Serviços Fórum Oceano para a fileira

Desenvolvimento do negócio e internacionalização: Serviços de market Intelligence; organização de missões empresariais e matchmaking; apoio a iniciativas de investimento; criação de programas de empreendedorismo ESG e de aceleração empresarial; apoio à internacionalização do negócio.

Aceleração empresarial, empreendedorismo, digitalização e inovação ESG: implementação de projetos europeus e extra-europeus focados em ecossistemas e redes de inovação; serviços de apoio à criação de modelos de negócio ESG; serviços de avaliação de impacto ESG de empresas e tecnologias; Apoio ao financiamento empresarial; Apoio ao acesso de infraestruturas de teste de tecnologias, produtos e serviços ESG.

Formação, educação e literacia: Criação de soluções de formação técnica e superior; Desenvolvimento de iniciativas de literacia azul ligada ao empreendedorismo jovem ESG e ao conhecimento das profissões da economia azul ESG.

Organização de eventos e de ações comunicação da economia azul ESG: Disseminar conhecimento e boas práticas, fomentar a colaboração entre stakeholders e destacar oportunidades emergentes na economia azul ESG.

Estudos estratégicos e política pública: Realização de estudos estratégicos para definição de estratégias municipais, regionais e nacionais de economia azul.

Cadeia de valor

Value Chain

Principais inovações e tecnologias

Inovação

Descrição

Proposta de valor

Tecnologias para portos inteligentesAutomatização, integração de serviços, digitalização e técnicas orientadas para os dados, em combinação com tecnologias como a Internet das coisas (IoT), os big data e a IA para as infraestruturas portuárias e navais. Estas tecnologias têm por objetivo analisar os dados recolhidos pelos sensores instalados no porto/navio e aplicar análises preditivas para apoiar a tomada de decisões (por exemplo, prever o tempo estimado de chegada dos navios, gerir atrasos dos navios causados por condições climatéricas adversas, etc.). As tecnologias portuárias inteligentes também incluem a utilização de blockchain nos contratos portuários para registar transações e rastrear informações.As tecnologias inteligentes facilitam a tomada de decisões a vários níveis e melhoram a segurança e a proteção, tanto a bordo dos navios, como nas infraestruturas portuárias, graças a aplicações como a análise operacional, relatórios de sustentabilidade, previsão de manutenção, gestão de tripulações, melhoria de rotas, otimização do transporte marítimo e análise de padrões de carga. O blockchain garante transparência através do armazenamento fiável de dados.
Digital twin no ecossistema marítimo & portuárioUma representação digital dinâmica de um complexo portuário, terminal ou navio que descreve as suas características e propriedades como um conjunto de equações. Um digital twin inclui tanto o hardware para adquirir e processar os dados, como o software para os representar e manipular.Os digital twins são utilizados para otimizar operações de escala e permitir que todas as operações num complexo portuário e a bordo dos navios sejam monitorizadas sem necessidade de instalar um sistema de hardware.
Robótica portuáriaSoluções automatizadas capazes de efetuar tarefas repetitivas que não requerem competências específicas. As principais aplicações incluem tarefas de segurança e de inspeção, que podem ser realizadas por robots ou drones que se deslocam pelo porto para rastrear instalações, equipamentos ou carga em tempo real, e tarefas automatizadas de transporte ou carregamento, como a movimentação de contentores e a gestão de armazéns que podem ser realizadas por veículos guiados automaticamente.A utilização de robots permite aos trabalhadores evitar a exposição a condições de risco de vida durante a manutenção e inspeções, e aumenta os níveis de eficiência ao acelerar as avaliações de risco através da monitorização remota em tempo real.
Eletrificação de navios e sistemas de propulsão sustentáveisA eletrificação dos navios consiste na utilização de sistemas de baterias e soluções de armazenamento de energia para a propulsão dos navios, com o objetivo de aumentar a eficiência energética e reduzir o impacto ambiental negativo. Outros sistemas de propulsão sustentáveis incluem a utilização de fontes alternativas de energia, como os biocombustíveis, a energia eólica (por exemplo, propulsão assistida pelo vento), energia das marés, energia solar e combustíveis eletrónicos como o metanol, o amoníaco e hidrogénio verde.A utilização destas soluções tem um impacto positivo nas emissões, no ruído marítimo e na eficiência energética, recuperação e armazenamento de energia sem afetar a produtividade do navio.
Ecossistemas portuários verdesOs ecossistemas portuários verdes referem-se à implementação de infraestruturas e práticas para descarbonizar as atividades de logística e de transporte marítimo nos portos. Estas incluem, entre outras, a utilização de fontes de energia renováveis, medidas de eficiência energética, tecnologias inteligentes para transporte e entrega, e fornecimento de eletricidade a navios atracados.Os ecossistemas portuários verdes são fundamentais para a transição para as energias renováveis e podem ter um impacto positivo significativo na redução das emissões de gases efeito estufa (GEE).
Descarbonização de indústrias ativas e perto de portosA descarbonização de indústrias que operam nos portos, como a construção naval, produtos químicos, indústria alimentar, construção e eletricidade. As vias para a descarbonização incluem a utilização de calor renovável para o funcionamento dos processos industriais, a melhoria da eficiência energética, a eletrificação dos processos, a utilização de hidrogénio verde como matéria-prima, a utilização de modelos de produção circulares e a reutilização do calor residual.A descarbonização impulsiona a redução das emissões e a eficiência energética nos portos e em redor.
Novas infraestruturas e produtosInvestigação e desenvolvimento de novas infraestruturas e produtos para uma melhor gestão das operações de carga. Os exemplos incluem um hyperloop subaquático, que utiliza carris magnetizados para transportar mercadorias mais rapidamente através de um túnel selado a vácuo, terminais de contentores offshore e contentores rebatíveis que visam poupar espaço nos navios.Os contentores rebatíveis reduzem emissões e custos graças à maximização do espaço; hyperloops subaquáticos e terminais offshore tornam as operações de carga mais eficientes, reduzindo o congestionamento e as emissões.
Background Associates Image

Associados Fórum Oceano - Fileira Transportes Marítimos e Portuários

Associate Logo 17

Dados de Mercado dos Transportes Marítimos e Portuários

Blue Economy Barometer

Plataforma digital que consolida dados de diferentes subsectores da indústria da Economia Azul e compara vários indicadores de diferentes países.

Hub Azul Dealroom

A plataforma digital para a internacionalização global da Economia Azul em Portugal, dinamizada pelo Fórum Oceano, para um ecossistema global que liga inovadores azuis a investidores.

Euronext Lisbon

A Euronext Lisbon é uma bolsa de valores situada em Lisboa. Faz parte da bolsa pan-europeia Euronext. O índice mais famoso é o PSI-20.

Blue Invest

Iniciativa da Comissão Europeia com o objetivo de acelerar novas tecnologias e soluções baseadas nos oceanos para desbloquear a inovação e as oportunidades de investimento na Economia Azul sustentável.

Footer Background Image

O Fórum Oceano é a entidade gestora do Cluster do Mar Português, certificada e reconhecida pelo Ministério da Economia e do Mar, Ministério da Defesa Nacional e pelo Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.


Sede
UPTEC Mar, sala C2, Av. da Liberdade S/N 4450-718 Leça da Palmeira – Portugal
+351 220 120 764
Delegação
Rua das Trinas, nº. 49 – Sala 206
1249-093 Lisboa – Portugal


© 2024 Fórum Oceano. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Yacooba Labs