Background Banner Image
Banner Image
Baseado em:
Blue Invest LogoDisclaimer:Toda a informação que se segue baseia-se no BlueInvest Investor Report, que conjuga dados de mercado com resultados de um inquérito aos investidores realizado pela BlueInvest. A BlueInvest é uma iniciativa da Comissão Europeia lançada em 2019 com o objetivo de acelerar novas tecnologias e soluções baseadas nos oceanos para desbloquear a inovação e as oportunidades de investimento na Economia Azul sustentável. É financiada pelo Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA).

PESCA

Definição da fileira

A pesca de captura é o termo utilizado para descrever a colheita de recursos vivos que ocorrem naturalmente em ambientes marinhos e de água doce. Também designado por capturas selvagens ou pesca de captura, o sector abrange a colheita de plantas aquáticas, peixes, moluscos, crustáceos e outras espécies marinhas.

Existem três tipos de pesca: recreativa (para lazer), de subsistência (para consumo direto) e comercial ou industrial (atividade comercial de pequena escala ou de grande escala com fins lucrativos). Como a pesca recreativa representa menos de 1% das capturas globais, será deixada de fora do âmbito do presente capítulo.
A pesca de subsistência utiliza uma variedade de artes de pesca para capturar espécies diferentes, ao passo que a pesca industrial tende a utilizar artes de pesca intensiva (como bolsas, redes de cerco e arrasto), e visa geralmente uma única espécie. O sector abrange igualmente uma série de atividades relacionadas com a pesca, como a monitorização.

Estratégia DDC - Digitalizar, Descarbonizar, Circularizar

A pesca sustentável tem como objetivo deixar peixe suficiente no oceano para permitir a regeneração das espécies e proteger os habitats marinhos. Este objetivo traduz-se em ter o cuidado de não pescar em excesso, minimizando quaisquer impactos ambientais e sociais negativos e no cumprimento da legislação e regulamentação. É difícil medir a sustentabilidade da pesca devido à complexidade do seu impacto. Em vez disso, podemos monitorizar a transparência das suas práticas de sustentabilidade. As atividades de pesca podem ser certificadas através de entidades privadas respeitadas (como, por exemplo, o Marine Stewardship Council (MSC)), reconhecidas como participantes em projetos de melhoramento das pescas (cujo trabalho remete para a certificação), classificadas como pescas sob gestão (monitorizadas por entidades públicas) ou pescas não monitorizadas, situação esta em que as suas práticas de sustentabilidade são maioritariamente desconhecidas.

Serviços Fórum Oceano para a fileira

Desenvolvimento do negócio e internacionalização: Serviços de market Intelligence; organização de missões empresariais e matchmaking; apoio a iniciativas de investimento; criação de programas de empreendedorismo ESG e de aceleração empresarial; apoio à internacionalização do negócio.

Aceleração empresarial, empreendedorismo, digitalização e inovação ESG: implementação de projetos europeus e extra-europeus focados em ecossistemas e redes de inovação; serviços de apoio à criação de modelos de negócio ESG; serviços de avaliação de impacto ESG de empresas e tecnologias; Apoio ao financiamento empresarial; Apoio ao acesso de infraestruturas de teste de tecnologias, produtos e serviços ESG.

Formação, educação e literacia: Criação de soluções de formação técnica e superior; Desenvolvimento de iniciativas de literacia azul ligada ao empreendedorismo jovem ESG e ao conhecimento das profissões da economia azul ESG.

Organização de eventos e de ações comunicação da economia azul ESG: Disseminar conhecimento e boas práticas, fomentar a colaboração entre stakeholders e destacar oportunidades emergentes na economia azul ESG.

Estudos estratégicos e política pública: Realização de estudos estratégicos para definição de estratégias municipais, regionais e nacionais de economia azul.

Cadeia de valor

Value Chain

Principais inovações e tecnologias

Inovação

Descrição

Proposta de valor

Dispositivos de redução de captura acidentalEquipamento inteligente que utiliza lasers, LED, sensores e IoT para capturar espécies específicas e fazer com que outras nadem para longe, proporcionando assim um método mais eficaz para reduzir as capturas acidentais.Estas tecnologias ajudam os pescadores a apanhar os peixes corretos, reduzindo substancialmente a quantidade de capturas acidentais, melhorando as receitas da pesca, salvando mais peixe, apoiando os pescadores e, inevitavelmente, a proteção de uma fonte alimentar essencial.
Equipamento de pesca anti desperdícioMaterial biodegradável (por exemplo, redes feitas de materiais que se decompõem naturalmente decomponíveis) ou recuperáveis (por exemplo, gaiolas retrácteis).A utilização de artes de pesca anti desperdício diminui os custos associados à substituição de material perdido e atenua o impacto das artes de pesca fantasma na biodiversidade.
Sistemas de monitorização eletrónicosRede de sensores (combinadas com tecnologia de visão por computador e aprendizagem automática) e câmaras que calculam automaticamente as quantidades de peixes capturados (total ou por espécie), capturas acidentais, peso das cargas, etc.A aplicação destes sistemas facilita o cumprimento das quotas de pesca e permite uma maior seletividade dos métodos de pesca através de uma monitorização rápida, controlo e identificação das capturas acidentais. As capturas acidentais podem ser devolvidas ao mar mais rapidamente, aumentando as hipóteses de sobrevivência.
Apps de rastreio de peixes / plataformas para consumidoresAplicações/plataformas que utilizam a cloud, blockchain, QR codes e bases de dados para permitir aos consumidores rastrear os produtos do mar ao longo da cadeia de abastecimento.Estas aplicações/plataformas permitem aos consumidores tomar melhores decisões sobre o que estão a consumir e ajudam a optar por produtos capturados de forma mais sustentável através de processos que respeitam o bem-estar dos animais e proporcionam ambientes de trabalho razoáveis em toda a cadeia de abastecimento.
Tecnologias de vigilância marítima para prevenir pescas ilegais, não declaradas e não regulamentadasTecnologias como drones, sensores e IoT que tenham sido desenvolvidas ou adaptadas para prevenir a pesca ilegal, não regulamentada e não declarada. As soluções atuais, como os sistemas de localização de navios, a identificação e o seguimento de longo alcance, serviços de deteção de navios e os sistemas terrestres de identificação automática são frequentemente limitados na sua capacidade.Estas tecnologias podem fornecer dados à guarda costeira - em tempo real - dos oceanos e armazenar informação na cloud, reduzindo o esforço e os recursos exigidos. Além disso, ao contrário das tecnologias atuais, também fornecem sistemas de vigilância não cooperativa, o que significa que não podem ser facilmente adulterados pelos capitães de navios que praticam pesca ilegal.
Apps de rastreio de peixes / plataformas para operadores do mercadoApps/plataformas que registam onde, quando e quanto peixe é capturado, a quem é vendido e a que preço. As informações recolhidas são automaticamente partilhadas com as autoridades e com os pescadores.Estas apps/plataformas dão aos pescadores um maior controlo sobre as suas atividades, permitem-lhes obter maiores lucros e garantem a proteção dos seus direitos e a garantia de um tratamento justo. Também ajudam a evitar a sobrepesca, uma vez que os pescadores podem ver quando as quotas foram atingidas.
Controlo da saúde dos peixesTecnologia utilizada para identificar e tratar doenças e parasitas em peixes capturados e partes de peixe.O controlo da saúde dos peixes reduz o risco de colocar no mercado peixe de má qualidade, contaminar capturas saudáveis ou a libertação de larvas e parasitas nas zonas onde as frotas pesqueiras operam.
Background Associates Image

Associados Fórum Oceano - Fileira Pesca

Associate Logo 1

Dados de Mercado da Pesca

Blue Economy Barometer

Plataforma digital que consolida dados de diferentes subsectores da indústria da Economia Azul e compara vários indicadores de diferentes países.

Hub Azul Dealroom

A plataforma digital para a internacionalização global da Economia Azul em Portugal, dinamizada pelo Fórum Oceano, para um ecossistema global que liga inovadores azuis a investidores.

Euronext Lisbon

A Euronext Lisbon é uma bolsa de valores situada em Lisboa. Faz parte da bolsa pan-europeia Euronext. O índice mais famoso é o PSI-20.

Blue Invest

Iniciativa da Comissão Europeia com o objetivo de acelerar novas tecnologias e soluções baseadas nos oceanos para desbloquear a inovação e as oportunidades de investimento na Economia Azul sustentável.

Footer Background Image

O Fórum Oceano é a entidade gestora do Cluster do Mar Português, certificada e reconhecida pelo Ministério da Economia e do Mar, Ministério da Defesa Nacional e pelo Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.


Sede
UPTEC Mar, sala C2, Av. da Liberdade S/N 4450-718 Leça da Palmeira – Portugal
+351 220 120 764
Delegação
Rua das Trinas, nº. 49 – Sala 206
1249-093 Lisboa – Portugal


© 2024 Fórum Oceano. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Yacooba Labs